domingo, 29 de maio de 2016

2 ingredientes: Bolachas de aveia e banana

...vá, 3, se contarmos a canela para polvilhar! :) Fiz estas bolachinhas há uns dias e a minha bebé adorou!


Simples, simples, fazem-se assim:

2 bananas
200 g flocos de aveia (de preferência, sem glúten)

*opcional: côco ralado, canela moída, açúcar de côco, pepitas de chocolate, passas, etc.

1- Esmagar a banana com um garfo grosseiramente e misturar com a aveia.
2. Formar as bolachas e levar ao forno a 175ºC até estarem cozidos (+-15 min).

Eu geralmente adiciono também um pouco de côco ralado (2 colheres de sopa) e gosto de polvilhar com a canela moída ou açúcar de côco. mas ficam maravilhosas apenas com os 2 ingredientes base!

Simples, perfeitas para fazerem com os filhotes num Domingo à tarde para que eles tenham snacks saudáveis para levar durante a semana ;)

Espero que gostem!

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Bolinho de caneca rápido e Paleo!

Já há algum tempo que queria partilhar com vocês esta receita deliciosa e super-rápida: um bolo de caneca feito no microondas em jeito de petit-gâteau.

Experimentem quando apetece algo guloso, e para mim vai perfeitamente bem com um gelado, já para o meu marido é sem! As filhotas quando vêm a caneca, vêm sempre com a colherzita para provar um bocadinho! Experimentem, só demora 1 minuto! 


Simples! Espero que gostem! Imprimam e colem no frigorífico!

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Pizza com base de batata-doce

Um dia farei um post sobre o trigo. Para já apenas vos digo, que há bem poucos meses eu defendia que o glúten era uma proteína inofensiva para quem não era intolerante. Mal sabia eu! Leituras e mais leituras (o meu vício) mais tarde, em que relacionavam o glúten com a tiroidite de Hashimoto (minha companheira de horas vagas e não só), finalmente decidi fazer o teste. Os efeitos não se fizeram esperar, voltei a tentar introduzir por 2x e foi o suficiente para que ele saísse da minha vida! Eu que adorava massas e pão e os bolos! E como faço agora? Faço o mesmo! O bem que me sinto desde que o deixei de consumir não me deixa saudades nenhumas desses produtos! Se vos posso aconselhar, experimentem! :)


Já fiz várias massas de pizza Paleo, sem cereais. Esta base foi uma das que mais gostámos! Claro, não é bem uma pizza...mas é boa, e no fim, isso é que conta!

A mandolina Borner é uma ajuda preciosa. Sim, claro que também o faríamos à mão, é certo, mas poupa-se tempo, fica mais certinho e mais fino! Sou fã!

Batata-doce
Polpa de tomate
Queijo ralado
Espargos verdes
Cogumelos frescos
Orégãos secos
Sal marinho
Azeite q.b.

1. Começar por descascar a batata-doce e cortar depois com a placa de rodelas grossas. Dispôr no fundo de uma forma redonda (eu forrei com papel vegetal). Regar com azeite e levar ao forno a 225ºC até estarem cozidas mas não tostadas.



2. Dar uma escaldadela nos espargos. Escorrer e reservar.
3. Cortar os cogumelos com a placa de rodelas finas.

4. Colocar os ingredientes sobre as batatas, primeiro a polpa e depois os restantes ingredientes. Se necessário regar com azeite, temperar com sal marinho e polvilhar orégãos secos. Levar novamente ao forno até estar a gosto.


Espero que gostem!

terça-feira, 17 de maio de 2016

[Margão] Gama Burguers

Hoje recebi alguns produtos desta mais recente gama da Margão. Antes de vos falar dos produtos, queria referir a atenção ao detalhe desta marca. Sempre que recebemos os produtos para experimentar, vêm acondicionados em caixas super-giras! Estes vêm numa caixa a simular um churrasco! Adorei e as filhotas também!


Agora em relação aos produtos, para temperar a carne, sem conservantes, corantes e sabores artificiais:

- Tempero de cebola: tempero com sabor a cebola

- Tempero fumado: tempero com pimentão doce fumado

E os preparados de molho:

- Barbecue

- Molho de mostarda doce

- Molho de tomate e ervas

E assim se inicia a época dos churrascos!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Tábua de entradas extra

Hoje trago-vos este exemplo de tábua de entradas para servirem numa festa. Simples mas pleno em sabor. às vezes complicam-se com ingredientes sem interesse e o que nos preenche é comida de verdade!


O que tem esta tábua de entradas?

- Abóbora com Praliné Extra Casa Lucena Portugal
- Mini-pizzas com base de batata-doce
- Tostinhas salgadas
- Queijo com pimentão-doce
- Queijo de ovelha curado
- Ovo com paté de atum

Simples de preparar e perfeito para petiscar!

Uma pequena colher deste doce de abóbora sobre uma tostinha, a acompanhar um pouco de queijo curado é um passo em direcção ao paraíso das entradas! Podem adquirir o doce no link acima, mas aviso: eu perco-me sempre que visito o site!

Deixo-vos então a receitadas tostinhas, sem trigo, como sabem:

1/2 chávena de farinha de côco
1/2 chávena de polvilho doce
Sal marinho moído q.b.
1/4 colher de café de bicarbonato de sódio
2 ovos
3 colheres de sopa de óleo de côco

1. Misturar todos os ingredientes (no robot de cozinha bastam alguns segundos na velocidade 4).
2. Envolver em película aderente e colocar no frigorífico ou congelador alguns minutos antes de prosseguir.
3. Esticar com o rolo, cortar em quadradinhos e levar ao forno a 200ºC até ficar a gosto,

Podem adicionar orégãos ou tomilho seco p.ex., mas como o previsto era acompanhar o doce de abóbora, deixei assim e ficou perfeito!



Espero que gostem!

terça-feira, 10 de maio de 2016

[Sem trigo, sem açúcar refinado] Bolo de aniversário com cobertura de buttercream

Amei, amei este bolo. Tinha-me colocado o desafio de fazer o bolo de aniversário da minha filha mais nova totalmente paleo, ou seja sem açúcar refinado e sem trigo, receei não conseguir e receei pela primeira vez não comer o seu bolo, mas consegui, estava delicioso. Os não-paleos não suspeitaram, mas o que todos constataram é que estava soberbo!

Este recheio sabe a raffaelos, o buttercream é absolutamente delicioso apesar de ser feito sem açúcar. Só tenho a dizer: perfeito! Apesar de alguns ingredientes estranhos, garanto que o bolo sabe a bolo :D


Vamos à receita?

Bolo:

3 1/2 chávenas de açúcar de côco (usei Elichristi Bio)
2 1/2 chávensas de côco ralado
1 1/2 chávenas de cacau
3 colheres de café de bicarbonato de sódio
1/3 chávena de polvilho doce
pitada de sal
5 ovos
1 1/2 chávena de uvas sem pele e sem caroço
4 maçãs descascadas e sem caroço

1. Começar por pulverizar o côco ralado com o açúcar de côco (no Optimum ThermoCook da Froothie bastaram 15 segundos na vel. 9).
2. Adicionar as uvas e a maçã e triturar até ficar homogéneo (no robot: 30 seg., vel. 9).
Adicionar o cacau, bicarbonato, o sal e o polvilho e misturar (no robot, 15 seg., vel. 5).
3. Adicionar os os ovos e bater um pouco (no robot: 15 seg., vel. 4).
5. Separar a massa em três partes iguais e colocar em formas previamente forradas com papel vegetal. Cozer em forno pré-aquecido a 180ºC até estarem cozidas (aprox. 30 minutos). No meu caso, coloco uma de cada vez no forno.

Recheio cremoso de côco:

1 1/2 chávena de leite de côco
2 1/2 chávenas de açúcar de côco (usei Elichristi Bio)
pitada de sal
330 g manteiga de côco à temperatura ambiente*
1 colher de sopa de óleo de côco (usei óleo de côco prensado a frio Óleos Vida)

Misturar todos os ingredientes e refrigerar por 1 hora antes de usar.

Buttercream de mel

4 claras de ovo
2 chávenas de mel
pitada de sal
sementes de baunilha ou essência de baunilha
300 g manteiga à temperatura ambiente

1. Colocar as claras e o mel em banho-maria e, mexer sempre até que atinga os 71 graus, aproximadamente (3-4 minutos).
2. Retirar e colocar de imediato na batedeira, bater em velocidade alta até atingir a temperatura ambiente.
3. Adicionar a manteiga, e bater até ficar em creme de manteiga. Utilizar de imediato.



*Para fazer a manteiga de côco, basta colocar o côco ralado no robot e triturar até ficar em manteiga.

Espero que gostem!